Carlos Serrão

as minhas notas e página pessoal…

A Apple, o iPhone 4 e as antenas

| 0 comments

Muito se tem escrito sobre a Apple, sobre a forma como a mesma trata os seus clientes, sobre a qualidade e robustez dos seus produtos, sobre a excelência do seu design, sobre os seus avanços em termos de lançamento de produtos revolucionários que mostram a qualidade da engenharia da empresa.

Ultimamente, também muito se tem escrito sobre a Apple e em particular sobre o iPhone 4. Na maior parte das vezes, pelos piores motivos…

Antes de mais, quero dizer que sou um utilizador de Macbook Pro e do Mac OS X (embora use qualquer outro sistema operativo, Linux e Windows), que tenho um iPhone 3G, mas que não sou um “fanboy”. A prova disso, é que o meu próximo telemóvel (espero eu) será um Android.

Sobre o iPhone 4, parece-me que foi algo que a Apple nunca controlou muito bem, como aconteceu com o iPhone original. Desde o problema que teve com a perda de um protótipo de um iPhone 4 num bar, com toda aquela novela que existiu com o Gizmodo, e agora com todos estes problemas com a extrema atenuação do sinal da antena do iPhone 4, que o iPhone esteve com problemas para “viver”.

Agora, alguns factos curiosos, e que nos permitem deixar a pensar um pouco melhor sobre a situação, em particular depois da Consumer Reports ter dito que não recomendaria a compra de um iPhone 4 (apesar do considerarem como o melhor smartphone do mercado):

  • o problema de atenuação existe, acho que está mais do que provado, embora não seja igual em todo o lado, nem igual com todos os utilizadores;
  • qualquer telemóvel sobre atenuação de sinal, mas no iPhone 4 a atenuação é muito mais forte;
  • ao que parece, o problema resolve-se com uma capa em volta do iPhone 4;

Estes são os factos que estão de uma forma ou de outra provados. E a seguir um conjunto de conjecturas, em que algumas delas podem roçar a ficção:

  • a Apple não fez os testes adequados ao iPhone 4 em situações de utilização real. Todo o seu cuidado com o secretismo do lançamento do novo iPhone 4 (que apesar de tudo não foi suficiente), fez com que os seus engenheiros encarregues de testarem o iPhone 4 em situações reais, disfarçassem os mesmos com uma capa protectora (podem ver a imagem do protótipo do iPhone 4 que foi parar às mãos da Gizmodo, para verem ao que me refiro). Ao que sabemos hoje, com uma capa em volta das antenas externas, o efeito da atenuação é reduzido ao ponto de passar despercebido.
  • a Apple acabou por se aperceber do problema, mas talvez demasiado tarde no processo de desenvolvimento e produção para resolver os problemas de forma adequada. E isto explica o facto, estranho diga-se, de a Apple no momento em que está a lançar um produto novo, anuncie igualmente uma capa protectora para o mesmo (o Bumper) e que curiosamente só oferece protecção para cobrir as antenas externas do iPhone 4. Coincidência?!?!? Talvez não…

Em particular este último aspecto não deixa de ser curioso. Em tantos outros lançamentos de produtos da Apple, tão ou mais frágeis do que este, a Apple nunca tinha lançado nenhum produto extra para protecção (iPod, iPhone 2G/3G/3GS, Macbook Pro, Macbook Air, iPad). Então porque o fez agora? E porque será que esse Bumper permite resolver especificamente esse problema de atenuação de sinal?

Enfim, como disse, tudo pode não passar apenas de um conjunto de coincidências felizes/infelizes, e do que estou para aqui a dizer não passar de ficção. Mas que deixa qualquer um a pensar, isso deixa.

Bem, vamos lá a ver o que a Apple tem para dizer sobre isto na próxima sexta-feira.

Para mim, o meu próximo iPhone, será um Android.

  • RSS
  • Twitter
  • Buzz
  • LinkedIn
  • Flickr