Carlos Serrão

as minhas notas e página pessoal…

WWDC2009 keynote – a minha análise e os meus comentários

| 8 Comments

Depois de aguardada com tanta expectativa durante as últimas semanas, e de tanto se ter especulado o que poderia reservar a WWDC2009 keynote, eis que as surpresas foram finalmente reveladas.

Desde cerca de 45 minutos antes do início do evento, que as Apple store online, estavam encerradas, sinal, mais do que evidente, de que iriam existir novidades a apresentar. E haviam mesmo…

Ainda mal a keynote tinha começado, já Phil Schiller tirava um coelho (inesperado para muitos) da cartola. Uma actualização significativa de toda a linha de Macbooks (Macbook, Macbook Pro 15 e 17 polegadas e MacBook Air). Mais processador, mais memória, mais espaço de armazenamento, leitor de cartões SD, melhor bateria … e menores preços.

Aqui reside um pequeno senão… que é o facto dos novos MacBook e MacBook Pro 15″, virem agora equipados com a mesma bateria que equipava os novos MacBook Pro de 17″, e que apesar de maior capacidade e tempo de vida, não pode ser substituída manualmente. A sua substituição, caso seja necessário, apenas pode ser feito num agente da Apple – mas se os valores indicados para o tempo de vida da bateria forem mesmo reais, esse deve ser um problema que não vai aborrecer ninguém. Deixa de existir o MacBook, e passa a designar-se MacBook Pro 13″.

Pois bem, tomem lá a surpresa… novos MacBook e mais baratos… é assim mesmo que se combate a crise, the Apple way. Oferece-se melhor a um preço menor.

E visto que um hardware de excelência, merece software de excelência, seguiu-se de imediato, a apresentação de outra novidade (mais ou menos aguardada). A apresentação do próximo grande felino da família Mac OS X, o Snow Leopard.

O Snow Leopard será o próximo “grande” upgrade do Mac OS X. O trabalho no Snow Leopard concentrou-se essencialmente na melhoria significativa do que já existia no Leopard, ao invés de terem sido desenvolvidas um número significativo de novas funcionalidades. Acima de tudo, o OS X 10.6 será mais rápido, mais fiável e mais robusto (e, espero eu, ainda mais seguro). Segundo a Apple, cerca de 90% das aplicações do Leopard, foram revistas e melhoradas. Uma lista mais detalhada das características do Snow Leopard, poderá ser encontrada aqui.

De todas estas características gostaria de destacar as seguintes:

  • Suporte para o Microsoft Exchange: esta era ainda uma barreira importante para os Mac no mercado empresarial… que agora deixará de o ser. A partir do Snow Leopard, vai ser possível sincronizar a Mail.app, o iCal e o Address Book com servidores de Exchange.
  • 64 bits: todas as principais aplicações do Snow Leopard são agora a 64 bits, permitindo um maior espaço de endereçamento e como tal a utilização de mais de 4GB de memória RAM;
  • Grand Central Dispatch: com esta nova tecnologia, permite que o sistema operativo tire proveito de sistemas multi-core, permitindo que este possa optimizar a alocação de tarefas a de aplicações a diferentes cores e/ou processadores.

O Snow Leopard estará disponível em Setembro, e o preço será de 29 USD (para upgrades do Leopard). O preço é o que se esperava, pois esta nova versão traz melhorias à versão actual do Leopard, e não acrescenta quase nenhuma nova funcionalidade. Acho que esta estratégia de preços da Apple, poderia/deveria ser seguida por outras empresas semelhantes (sim Microsoft, estou a falar de ti).

O Safari 4, o browser de web de eleição do Mac OS X, deixou de estar em versão beta, e passou a ser a versão final que pode ser descarregado a partir daqui.

O Safari 4 é rápido muito rápido… e já tive oportunidade de verificar que a Apple cedeu na questão dos tabs aparecerem no title bar, como acontecia com as versões beta. Penso que ficou melhor assim… é menos confuso e disruptivo com aquilo que os utilizadores esão habituados a usar. Com esta nova actualização, o Saft deixou de funcionar, assim como o 1Password (no entanto, neste momento já existem actualizações para o mesmo). Espero que sejam rápidos no lançamento de novas versões destes dois plug-ins que uso com frequência.

Seguiu-se um outro tema na keynote – o iPhone.

Esta parte da apresentação, dividiu-se em dois momentos: a apresentação do iPhone OS 3.0 e a apresentação do novo iPhone 3G S.

A parte da apresentação do iPhone OS 3.0, foi um pouco a repetição do evento anterior, que foi dedicado em exclusivo a esta nova versão. Foi dado um maior destaque nesta apresentação à demonstração de algumas aplicações que já usam e abusam desta nova versão do OS. Uma aplicação em particular salta à vista, o TomTom para iPhone. O TomTom para iPhone, vem trazer um dos mais vendidos softwares de navegação para GPS para o iPhone. Na App Store, vai ser possível não só comprar o software da TomTom, mas também comprar os vários mapas.

Outro aspecto que igualmente destaco, é a possibilidade de ligar diversos acessórios ao iPhone, o que vem permitir que o mesmo venha a adquirir novas facetas e novos tipos de utilização. Por exemplo, o potencial de utilização como dispositivo de apoio a doentes, ou a monitorização dos mesmos, é enorme. Imaginem ter um aparelho ligado ao iPhone, que pode medir a vossa tensão arterial, ou avaliar o nível de açúcar no sangue, e depois enviar essa mesma informação para um médico. Fantástico, não é?

Acho que o iPhone OS 3.0 é uma actualização muito importante para o iPhone, e que vem permitir acrescentar algumas coisas que o limitavam. Mas acho que é pouco, e mais à frente vão perceber porquê…

Para já fiquem a saber, que a nova versão do iPhone OS, chega a dia 17 de Junho… mal posso esperar pela actualização.

O melhor (ou o pior, depende da perspectiva) estava reservado para o final. Vem aí um novo iPhone, o iPhone 3G S (em que o “S” significa “Speed”). Isto são óptimas notícias para quem estava a aguardar para comprar um iPhone, e péssimas notícias, para quem, como eu, comprou um iPhone à apenas 6/7 meses, e vê o mesmo ficar desde já desactualizado.

Mas antes, aqui ficam algumas das principais características do iPhone 3G S: mais velocidade através do novo processador e do 3G de 7.2Mbps HSDPA, mais memória (32 GB), nova câmara de 3MP com autofocus e a possibilidade de gravação de vídeo, bússola, voice control, …

É aqui que começam as minhas queixas e lamúrias… quanto aos aspectos do hardware há pouco a fazer… oui seja se quiser um novo processador e mais memória, tenho mesmo que trocar do meu actual iPhone 3G para o iPhone 3G S. Mas o mesmo não se passa por exemplo com a questão do Voice Control ou da gravação de vídeo. Ainda por cima, já existem aplicações (não autorizadas pela Apple, claro está) que permitem fazer a gravação de vídeo no actual iPhone 3G. Igualmente o caso do Voice Control, em que o problema reside mais no software. Ou seja o software, ser capaz de reconhecer um comando de voz captado pelo microfone do iPhone.

É pena, que a Apple tenha tido a mesquinhez de limitar os actuais detentores de iPhone 3G, de um conjunto de funcionalidades que poderiam ser implementadas através de software, apenas com o intuíto de limitar a que essas funcionalidades estejam apenas no novo produto, servindo como uma arma para “forçar” a aquisição do novo iPhone. É triste, não esperava um golpe baixo destes, por parte da Apple. Espero que revejam esta posição.

Resta apenas dizer que os preços dos iPhone foram revistos, e que este no iPhone 3G S, estará no mercado ainda durante o mês de Junho (19 de Junho), a um preço de 199 USD para a versão de 16 GB e de 299 USD para a versão de 32 GB. Não deve ser preciso dizer que estes de certeza que não vão ser os preços finais, pois dependem dos planos da operadora, como de costume.

E pronto, foi a keynote da WWDC 2009. Parece que já se esperam igualmente novidades em Setembro, especialmente no campo dos notebooks, pois parece que a promoção do MacBook 13″ a MacBook Pro 13″, deixou espaço para um novo portátil… a ver vamos.

  • Carlos Martins

    Também sinto o mesmo em relação às funcionalidades restringidas no iPhone… Percebo a “lógica” deles, mas acho que apenas vai servir para empurrar os clientes para o jailbreak.Quanto mais não fosse acho que era um bom “prémio” por termos estado um ano inteiro sem o prometido “push” a funcionar!(já para não falar no copy-paste, MMS, e todas as outras funcionalidades que tinham obrigação de já estarem feitas à muito.)

  • Paulo

    Sobre o 1password, basta seguir as instruções aqui e substituir a versão pela actual (5530.17) :)

  • Carlos Serrao

    Sim, já existem novas versões para o 1Password e para o Saft que resolvem essa incompatibilidade.

  • Victor

    Carlos, o Snow Leopard para mim foi um bocado decepcionante, 2 ou mais anos de desenvolvimento e sai só isto? De grande tem pouco, na minha opinião, isto nunca seria uma major release.

  • Carlos Serrao

    Bem,desde o primeiro dia que o Steve Jobs disse que não iriam haver novas funcionalidades, mas sim melhorias na base do que já existia no Leopard.Se queres que te diga, se todas as releases (major ou não) trouxerem aumentos de desempenho das máquinas, eu cá por mim não me importo :-)

  • kincas

    Para quê estar a lançar um SO NOVO se a concorrência ainda vem a anos luz?Estou é para ver se o Win7 vai custar 30USD para os clientes com Vista.Relativamente ao iPhone, as “restrições” devem ter a haver com o facto do “velho” 3G estar a ser vendido agora a 99USD. Deverá ser para “marcar” diferença entre o 3G e o 3GS.Também não gosto muito dessa política.Mas gosto ainda menos da política das operadoras por cá.Sempre estou para ver o preço que vai custar por cá o 3GS.

  • Carlos Serrao

    Esta política é um pouco parva, diga-se de passagem…Compreendo as motivações de negócio, mas apenas serve de incentivo para fazer jailbreak ao iPhone… ainda a semana passada estive a ver um vídeo de uma aplicação a correr num iPhone jailbreaked que capturava vídeo, e com uma performance muito boa.Enfim… por estas e por outras é que a Apple me começa a “desencantar” um pouco. Vamos a ver…

  • kincas

    http://feedproxy.google.com/~r/feedburner/Ylew/~3/YJpnnzv6-mE/Com uma concorrência a dar tiros nos pés assim…….

  • RSS
  • Twitter
  • Buzz
  • LinkedIn
  • Flickr