Carlos Serrão

as minhas notas e página pessoal…

Reviver a Infância

| 1 Comment

Aproveitei o feriado de hoje para ir ver os meus pais a Maceira, a minha aldeia que fica perto de Sintra. É algo que faço habitualmente, em especial porque não quero nunca perder o contacto com as minhas raízes.

E hoje, resolvi reviver um pouco melhor as minhas memórias de infância, deslocando-me (em conjunto com os meus pais, a minha esponja e os meus filhotes) para visitar um local chamado “Pego do Mourão”. O Pego do Mourão, não é mais do que um lago natural, formado por um riacho, que atravessa as diversas aldeias e lugares da região, que fica na base de uma cascata (queda) de água, com cerca de 10 a 15 metros de altura.

Chama-se o Pego do Mourão, porque fica situado precisamente num lugar que se designa por Mourão. É mesmo ao lado de Maceira, e pode-se ir até lá facilmente a pé. Era o sítio, onde em tempos volvidos, muitos dos jovens da região, aproveitavam para se refrescar nos dias mais quentes de Verão. Na altura não haviam piscinas, e a praia ainda era longe – para quem não tinha carro.

Também eu por lá andei, e até, involuntariamente acabei por tomar lá banho. Involuntariamente, porque numa das minhas aventuras de pequeno, ao atravessar o riacho, numa altura em que o caudal era significativamente maior, acabei por escorregar numa rocha e cair dentro do rio. Na altura não achei muita piada, pois o rio arrastava-me para a queda de água, e poderia ter tido consequências graves. Felizmente, e depois de alguma luta, lá consegui sair do rio, e a única consequência acabou por ser mesmo, a roupa e as botas completamente encharcadas. Enfim, hoje é apenas uma memória distante, que me faz sorrir a mim, e a quem eu conto esta história.

Pois bem, como vos disse no início, hoje voltei lá. Infelizmente, agora é bem mais difícil de ir lá. Os anos passaram, as pessoas deixaram de ir para lá, e a vegetação acabou por cobrir todos os carreiros que outrora serviam de passagem. Mas mesmo assim, e depois de alguma insistência, e algo risco, eu e o meu pai, acabamos por conseguir chegar lá.


View Pego do Mourão in a larger map

O lugar é incrível. A paisagem absolutamente arrebatadora. O riacho já leva pouca água, mas mesmo assim, a queda de água continua com o esplendor de outrora, assim como o lado natural que se forma na sua base. É um sitio formidável para tirar umas boas fotos. Podem dar uma vista de olhos ao álbum que está aqui no Flickr. Deixo aqui duas ou três fotos para vos aguçar o apetite.



Não posso igualmente deixar de fazer um apelo ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra, assim como à Presidente da Junta de Freguesia de Montelavar, que olhem um pouco para este local, e que se possível o tornem um local mais acessível e visitável por parte de terceiros (embora se isto não for bem controlado possa servir para destruir a paisagem natural).

Quem pretender visitar este local, o mapa está acima. Mas fica desde já avisado que o acesso ao local não é fácil – tal como esta agora é necessário ir pelo próprio riacho, e isso só se consegue quando o mesmo tem pouca água. Mas para aqueles com espírito de aventura, garanto que vai valer a pena.

Ahhh, confesso que este regresso ao passado me soube bem! Muito bem mesmo!

  • Francisco

    Bom dia.Quando escreveu o post fiquei interessado e agora que estou de férias estava mesmo com ideias de ir lá espreitar.Só estou com duvidas é que dê com aquilo porque olhando para o mapa, estradas ali por perto não há muitas.Por isso a minha pergunta e pedido de ajuda vai nesse sentido, onde é melhor (e fica mais perto) deixar a mota?Obrigado e bom dia!

  • RSS
  • Twitter
  • Buzz
  • LinkedIn
  • Flickr