Carlos Serrão

as minhas notas e página pessoal…

Ainda o PhD…

| 2 Comments

Ainda não tinha tido tempo de colocar aqui mais detalhes sobre o mesmo, e como alguns de vocês colocaram algumas questões sobre o mesmo, aqui está o post que se impunha sobre o mesmo.

Em primeiro lugar, o tema da Tese. É um tema muito polémico nos nossos dias, e faz levantar um conjunto de opiniões bastante negativas sobre o mesmo – rights managment. Mais propriamente, o meu tema de Tese versava sobre a aplicação de um conjunto de diferentes abordagens ao problema da não-interoperabilidade entre diferentes plataformas de open rights management.

Foi um tema que deu na verdade para explorar diferentes aspectos técnicos destas plataformas como uma forma de indicar direcções no sentido da interoperabilidade entre as mesmas:

  • Service-oriented Architectures e Web-Services;
  • Segurança e Public-Key Infra-structures;
  • Secure License and Key Management Life-cycle;
  • Abordagem aberta, através de mecanismos brokerage e middleware, de interoperabilidade entre os diversos sistemas.

Desenganem-se pois, aqueles que pensam que estive a desenvolver uma nova plataforma de rights management. O trabalho que desenvolvi e que apresentei, foi feito neste contexto particular, mas pode ser utilizado para obter alguma interoperabilidade nos mais diferentes contextos e cenários. Enfim…

A apresentação na Universitat Politecnica da Catalunya, é uma apresentação pública, previamente anunciada na Universidade e existe um “Tribunal” (como lhe chamam por lá) de 5 Doutorados (sendo que nenhum deles deve ser o orientador do trabalho) que assistem à apresentação e que avaliam o trabalho.

O mais difícil na apresentação foi mesmo conseguir apresentar todo o trabalho realizado em apenas 55 minutos – acreditem, é MUITO difícil fazer este resumo, pois acabamos sempre com aquela sensação que não incluímos algo que consideramos importante, ou que a apresentação começa a fazer menos sentido do que deveria. Enfim, no final o resultado acaba sempre por deixar algo a desejar (pelo menos para mim).

Depois da apresentação, segue-se um período (de tempo variável, e que no meu caso foi de mais de 1 hora) para responder a perguntas do painel (o tal dos Doutorados) sobre a apresentação e sobre a própria Tese. Enfim, correu tudo muito bem.

O resultado final: “Excelente Cum Laude“.

Óptimo, nada melhor que ir depois “relaxar” um pouco para a “Plaça da Catalunya” e para “Las Ramblas”.

E mais tarde, o regresso a casa…

  • Carlos Martins

    Como dizes, é difícil abordar esses temas sem se estar sujeito a ser quase “queimado em praça pública” (sem sequer se dar ao trabalho de saber o que se está a fazer :)No entanto, é algo fundamental para a evolução e futuro dos “bens digitais.” A questão está em implementar algo que seja justo para todos – sem aquelas palhaçadas a que assistimos frequentemente de DRMs que são descontinuados, deixando milhares de consumidores com conteúdos (pelos quais pagaram) inutilizáveis.Se a tua tese permitir dar mais um passo no “bom sentido”, então parabéns. :)

  • Carlos Serrao

    Sim, eu já “me queimei várias vezes”… é um tópico muito muito polémico.A ideia é tornar estes mecanismos de rights management interoperaveis entre si permitindo que os conteúdos possam ser utilizados em diferentes regimes de sistemas de rights management. Enfim, conteúdo protegido da loja iTunes a ser usado em players da Microsoft – por examplo.

  • RSS
  • Twitter
  • Buzz
  • LinkedIn
  • Flickr