Carlos Serrão

as minhas notas e página pessoal…

Publicidade na TV portuguesa

| 5 Comments

Não consigo perceber qual a estratégia que recentemente tem vindo a ser seguida pela maioria das televisões portuguesas (onde eu consigo notar isso mais é na SIC, na TVI e nos canais da SportTV, mas admito que outros também o façam), em que o volume de som da emissão é substancialmente aumentado aquando da transmissão de anúncios publicitários.

É absolutamente ridículo…

Está uma pessoa a subir o som do receptor para conseguir ouvir um determinado programa, e quando o mesmo é interrompido, somos abruptamente bombardeado com um aumento anormal do volume de som.

Ainda este fim de semana, durante a transmissão do jogo entre o Benfica e o Porto, este “fenómeno” era por demais evidente…

Não sou especialista em Marketing ou em Publicidade, mas (pelo menos para mim), este é o tipo de comportamento que me faz imediatamente ou baixar o volume de som para o mínimo, ou mudar de canal, ou desligar a TV. Eu não vejo vantagens nenhumas nisto.

  • Rui Luna

    A FOX é a mesma porcaria, fazem uma pessoa aumentar em demasia o volume para conseguir ouvir minimamente, e depois o intervalo começa de tal maneira e com o som tão alto (ou será que o que estava a dar antes é que está mais baixo?) que até assusta, e, tal como disseste, muitas das vezes leva-me a mudar de canal!

  • Nuno Almeida

    Li já há alguns meses (quiçá anos) que está provado que o “método peixeira” funciona mesmo. Quanto mais alto for anunciado mais facilmente interiorizamos a ideia, mesmo que inconscientemente.Quanto aos canais televisivos, essa prática é, infelizmente, usual. Julgo que há até legislação acerca disso. A diferença de som entre a programação e os anúncios tem um limite máximo.

  • Miguel Pais
  • Carlos Martins

    Há um limite máximo, tal como há limite para a quantidade de publicidade… mas acho que ninguém cumpre…É por essas e por outras que 99% das vezes vejo aquilo que me interessa – via “web.”TV “à moda antiga,” so muito raramente… e sempre que caio no erro de ver, digo logo mal da minha vida mal chega ao primeiro intervalo. :/

  • MFP

    Como tenho exactamente a mesma opinião, servi-me do seu texto como exemplo. Espero que não se importe. Mas acho que vamos mesmo fundar uma associação para “os por” na ordem.

  • RSS
  • Twitter
  • Buzz
  • LinkedIn
  • Flickr