Carlos Serrão

as minhas notas e página pessoal…

José Sá Fernandes, o novo D. Sebastião…

| 3 Comments

… na versão da Al Jazeera, que apresenta o nosso país como “um dos mais pobres da Europa“, e aponta a “corrupção” como o principal problema para este facto. E o “Zé faz falta”.

E o que dizer do país mais corrupto do mundo, os EUA, em que as relações entre o poder político e o poder económico, geram lobbies com força suficiente não apenas para gerir os destinos do país, mas do próprio Mundo?

Deixo ao vosso critério a análise desta reportagem.

  • Anti-centralismo

    A partir do momento em que os meus impostos servem para fazer obras em Lisboa, que é onde eu não vivo….

  • Carlos Afonso

    Que raio de inglês (pronuncia)! Quanto a medida de corrupção, em vários estados, Carlos Serrão seria possível dares indicadores económicos que podessem dar algum lastro científico à tua tese?

  • Carlos Serrao

    Não sei se percebi aonde queres chegar. Preciso fornecer algum dado concreto para afirmar que a economia dos EUA é das mais poderosas do Mundo? Agora, estabelecer uma relação entre isso é o poder que os grandes grupos económicos têm sobre o poder político, não me parece igualmente complicado. Parece-me que é mais ou menos público que os dois grandes partidos (Democrata e Republicano), recebem grande financiamentos desses mesmos grupos económicos, e de certeza que querem ter um retorno desse mesmo investimento. Agora provar que A + B = C é de facto mais complicado, certamente… Agora, o que acontece é que na peça da Al Jazeera se estabelece uma relação de causalidade directa entre a "corrupção" e o nível de desenvolvimento económico. Essa relação não é minha. Mas existem exemplos que a contradizem…

  • RSS
  • Twitter
  • Buzz
  • LinkedIn
  • Flickr