Carlos Serrão

as minhas notas e página pessoal…

Pages’08 sim, mas…

| 0 comments

Recentemente a Apple lançou uma nova versão da sua suite de programas de produtividade, o iWork’08. Esta suite vem com três programas: o Pages’08, Numbers’08 e o Keynote’08.

Media_httpa248eakamai_ahato

O Pages’08 é um processador de texto que já existia na versão anterior, e cuja a funcionalidade principal introduzida que foi a revisão de versões de documentos, através de um mecanismo que acompanha as alterações feitas ao documento por diversos utilizadores.

Media_httpstoreapplec_wczgd

O Numbers’08 marca a estreia da Apple num produto de folha de cálculo. O Numbers’08 consegue oferecer um conjunto de funcionalidades muito interessante mas com a facilidade de utilização e a simplicidade a que a Apple já nos habituou.

Media_httpstoreapplec_cbadz

E o que dizer do Keynote’08. Uma aplicação que permite fazer apresentações com uma simplicidade e beleza tais, que deixa qualquer Powerpoint power-user envergonhado!

Media_httpstoreapplec_cflic

O Keynote é sem dúvida a estrela desta companhia, aquele que lhe acrescenta todo o valor. Para ser sincero, inicialmente gostei muito do Pages’08, mas infelizmente as limitações vão aparecendo, e qualquer um que use um processador de texto para uma utilização mais profissional vai notar algumas dificuldades, em particular em documentos de maior dimensão.

Aqui fica uma pequena lista (não muito exaustiva, pois não há tempo para isso) de funcionalidades que não existem no Pages’08 e que dariam muito jeito estar:

  1. A compatibilidade com outros formatos de ficheiros: o formato por defeito do Pages’08, é o pages. É possível no entanto abrir ficheiros do Microsoft Word (tanto o formato doc, como o formato OOXML), e com uma compatibilidade impressionante. Os documentos ficam iguais (ou quase) como se tivessem sido abertos no Microsoft Word. É igualmente possível exportar os documentos para formato Microsoft Word ou para PDF. Teria sido útil que a Apple tivesse implementado na função “Save as…” a possibilidade directa de gravação em formatos alternativos, em vez de obrigar a utilizar a funcionalidade de exportação. Seria igualmente interessante que se pudesse definir o formato de gravação por defeito. E que tal uma opção de compatibilidade com o ODF?

  2. É muito difícil, quase impossível mesmo, usar decentemente a funcionalidade de criação de estilos numerados automaticamente. O sistema não é nada intuitivo e não efectua a actualização automática da numeração;

  3. As legendas das imagens: é impossível ter uma legenda numerada nas imagens que incremente sequencialmente de forma automática sempre que acrescente uma imagem;

  4. Oferecer a possibilidade de criar documentos mestre, e depois incluir sub-documentos dentro deste documento mestre. Esta é uma funcionalidade particularmente importante para a criação de documentos de grande dimensão, e que permite a distribuição de partes do documento por diversos colaboradores que contribuem para o mesmo.

Enfim, como vos disse esta lista não é exaustiva. Se a Apple está mesmo a pensar a sério no mercado empresarial, então as suas aplicações de produtividade terão que ser melhores – em particular o Pages’08 e o Numbers’08. Ainda por cima, algumas destas funcionalidades não são assim tão difíceis de implementar.

Em breve teremos aí o Microsoft Office 2008 para Mac. Para já a versão Beta promete muito. Está cheia de funcionalidades, é visualmente agradável, é fácil de usar e acima de tudo é rápida.

  • RSS
  • Twitter
  • Buzz
  • LinkedIn
  • Flickr