Carlos Serrão

as minhas notas e página pessoal…

A não perder…

| 1 Comment

Esta noite na RTP1, às 21h00 (repetido na RTPN, no próximo dia 18 de Novembro às 22h00) vai dar uma reportagem entitulada “TAP 425 – O Voo Interminável”.

Esta reportagem foca-se sobre o acidente que ocorreu em 19 de Novembro de 1977, quando um avião da TAP (Boeing 727-200) se despenhou no final da pista do Aeroporto da Madeira. Este foi o mais grave acidente da história da aviação em Portugal que provocou 131 mortos e 33 sobreviventes.

Media_httpcarlosserra_fisjh

O que é mais interessante desta mesma reportagem, é que, volvidos 30 anos sobre a ocorrência, a RTP foi à procura dos sobreviventes do acidente de entre os quais de encontrava uma criancinha de 2 anos. O Daniel (assim se chama) já foi meu colega de trabalho na Adetti, e aluno do ISCTE. Apesar desta proximidade, apenas à pouco tempo tomei conhecimento que o mesmo havia estado envolvido no trágico acidente.

Media_httpcarlosserra_wbihe

Vale a pena ver, e ouvir os testemunhos de todos aqueles que conseguiram escapar com vida a esta tragédia, e perceber como no meio do caos, os verdadeiros heróis emergem, e arriscam a sua própria vida para tentar salvar a de outros.

  • Manfred Von Richthofen

    “Desastre aéreo na Madeira causa 130 mortos . Madeira 19 Novembro de 1977 UM BOEING 727 da TAP, o «Sacadura Cabral», despenhou-se no aeroporto do Funchal, tirando a vida a 130 pessoas. O acidente deu-se à terceira tentativa de aterragem, depois das duas primeiras se terem revelado infrutíferas. As más condições da pista, o mau tempo, a derrapagem do avião e o facto de ter tocado na pista para além do local normal, foram algumas das possíveis causas apontadas para a tragédia por testemunhas, sobreviventes e peritos.Também não se afasta a hipótese de ter havido falha humana por parte do piloto, embora junto de entendidos da actividade aeronáutica haja alguma reserva em atribuir culpas ao experiente comandante do «Sacadura Cabral».Acidente faz 575 mortos – Nas Ilhas CanáriasUm choque entre dois aviões, em Tenerife, nas Canárias, causou a morte a 575 passageiros que viajavam nos dois aparelhos. O acidente é considerado o mais grave da história da aviação.”In Expresso 1977Curioso.O Considerado como o maior acidente da aviação foi nas vizinhas ilhas das Canárias, deste a RTP não recorda…Pelo menos atingia a economia turística da “Concorrência”, morbidez por morbidez, ainda descobria o “verdadeiro” serviço público…Que todos nós pagamos.P.S – Curioso que em muitos eventos realizados na Ilha da Madeira ( Festa da Flôr, etc ) geralmente não existe ” tempo de antena” para difundir essas imagens por todo o território Nacional e às nossas comunidades emigradas.Muitas vezes têm professionais a realizar um dos novos ” desígnios ” nacionais: Verificar o estado de um qualquer campo relvado de futebol…A paciência esgota-se…

  • RSS
  • Twitter
  • Buzz
  • LinkedIn
  • Flickr